Empoderando Vidas

                Oi, meu nome é Liliane, e deixe-me dizer rapidamente em que eu acredito.

             Cresci com mais do que apenas uma paixão por escrever.

Escrever sempre foi o meu sonho. Jornalista, servidora pública, blogueira. Impulsionada por amigos que gostam de ler as minhas aventuras amorosas e a minha forma de encarar a vida. Em 2014 criei a página “Papo Reto com Liliane Ribeiro” que traz à luz uma série de tópicos sobre o universo feminino e conta hoje com mais de 320 mil seguidores no Facebook.

A paixão por escrever floresceu com o sucesso da página, que resultou no meu primeiro livro em 2016 lançado na Bienal de São Paulo. Em 2017, participei do IIIº Salão do Livro em Lisboa e meu livro integra hoje o acervo da Biblioteca Nacional de Portugal.

Escrevo de uma forma clara e honesta para mulheres cis, gays enfim pessoas onde a identidade de gênero não está instalada em suas genitais, meus textos são inspirados por eventos reais, muitos estudos e conversas cotidianas explorando a beleza que surge dos contrastes dos sentimentos, do encontro à perda, da luta pela conquista ao arrependimento da mesma, dedicando-me através dos meus textos a transformar carência em empoderamento.

É hora de subir a  nossa pontuação, meninas. Queas melhores mulher vençam.

Com amor,

Não basta falar de amor é preciso ter vivenciado encontros e desencontros, para fazer com que o leitor se identifique a cada leitura, dando detalhes que o leve a imaginar o livro como se fosse o filme da sua vida.

rbgs-69

Precisamos conversar sobre suicídio

Esse tema incomoda você? Isso te deixa desconfortável? Você não está sozinha.

Algumas pessoas têm se aproximado de mim pela página sussurrando um obrigado nos meu ouvido. Pessoas que estavam à beira de desistir de tudo. Pessoas que haviam tomado a decisão de tirar a própria vida e que só precisavam ouvir que elas não estavam sozinhas. Que elas não queriam acabar com sua vida, elas só queriam acabar com a dor que sentiam. Pessoas que me agradeceram por lhes dar esperança, por construir um lugar onde você pode comentar sobre tudo e dividir experiências.

Pessoas, em sua totalidade mulheres, que vivem entre as milhares que estão pensando sobre isso neste exato segundo.

É necessário usarmos essa arma poderosa que é a Rede Social para falarmos sobre isso.

Ou vamos esperar QUEM está nos nossos grupos ou no nosso meio virar estatística?

O que é necessário para nós acordarmos e falarmos sobre isso de coração aberto?

Não dá para ficarmos sentados esperando que as novelas ou os jornais transmitam mensagens positivas.

Eu estou simplesmente pedindo que em seus círculos, em suas comunidades, em seu trabalho, em seus círculos sociais, que você fale sobre isso.

Se eu aprendi alguma coisa com essas pessoas que me procuram é que essa conexão, esse contato é a melhor prevenção.

Conecte-se com outro ser humano e você pode salvar uma vida. Vamos dividir experiências.

O compromisso muda o relacionamento ou somos nós que mudamos?

Eu conheço casais que tiveram um namoro muito bonito, e depois acabaram em um casamento sem sexo.

E eles perguntam ‘que porra é essa, o que aconteceu?’ O que aconteceu é que eles se perderam.

Eles pararam de fazer as coisas que os faziam felizes quando eram solteiros, do tipo dançar, sair à noite ou apenas ter seus momentos nos motéis da vida.

Parar todas essas coisas coloca muita pressão sobre o seu parceiro. E consequentemente no seu relacionamento.

culinaria #comida #tv #anitta #anitter #rainha #perfeita

#mene #manas #mana #gay #pop #music #meme #engraçado #comico #look #mdbrand #moda #modafeminina #granjaviana #saopaulo #tijuca #vestido #livro #instagram #instacool #cool #chic #musthave #style #estilo #fashion #listras #tbt

ÀS MINHAS PERDAS

Eu não aceito com tranquilidade as despedidas, mas sei como relacionamentos funcionam.

Toda perda é difícil. Faz parte da vida mesmo quando ela nos atinge pessoalmente.

Quando eu entendo isso, que nem todas as despedidas são pessoais, entendo que minha vida funciona. Na maioria das vezes, mais do que funciona, é divertida, cheia de camadas de conexões, interesses e amor.

Eu vejo como as minhas separações não me diminuíram.

Quando eu não privilegio ser indesejada, eu fluo. #LilianeRibeiro

#dicadeleitura #leiamais #livro #Livros #empoderamento #relacionamentoadois #BienalSP #mulher #modablogueira #moda #make #Flip #paporetoliliane

Será um desejo vago ou um amor fatal?

Um desejo pode ser um desejo vago, um desejo agudo, um desejo constante, uma obsessão indefesa.

Pode sinalizar uma ausência ou uma presença, uma necessidade ou um compromisso, um ideal ou uma impossibilidade.

A raiz da palavra “desejo” liga-a a considerar e a termos de investigação e augúrio, lembrando-nos, assim, que o desejo é muitas vezes menos o que sentimos do que o que pensamos sobre o que sentimos.

E a raiz ainda mais profunda da palavra liga-a a estrelar e a brilhar, como se os nossos desejos e os brilhantes centros do nosso ser fossem também como os destinos fixos nos céus, determinando o curso das nossas vidas.

De fato, nossa experiência mundana de desejo freqüentemente coincide com essa sensação de algo além do nosso controle, de algo confuso, algo que nos leva além dos limites do hábito ou da razão.

É o coração de nossos corações, o próprio material do ego. O desejo explode além das fronteiras do tempo ou da lei. Ele flutua através de véus de propriedade. Não pode ser confinado por expectativas ou restrições sociais.

O amor é outra coisa. Tão misteriosos quanto os caminhos do desejo, e desconcertando seus efeitos, o amor é o desejo elevado a um poder superior. Pode ser tão consumido quanto o desejo, mas dura mais tempo. O amor é a qualidade da atenção que damos às coisas.

O amor é tanto o santuário quanto o ídolo. O amor é o que fazemos das outras pessoas e o que elas fazem de nós. Pode ser tão desapaixonado quanto um monge zen, ou tão perdido quanto um herói romântico.#LilianeRibeiro

#Paporetoliliane #mulher #empoderamento #AmorEmTodasAsCores #livro #Livros #instalivros #lisboa_pt #Flip #BienalSP

Onde você estará daqui a 5 anos?

Não importa a idade que você tenha 40 50 60 70 a vida tá aí pra você aproveitar e fazer aquilo que você realmente gosta. O universo conspira a seu favor quando você tem uma meta.

Vejo e convivo diariamente com pessoas sem foco. Talvez porque não saibam exatamente que focar é abandonar coisas.

Leio pensadores que dizem que pessoas têm que ter foco. Concordo, sem foco não chegamos à lugar algum, mas ninguém fala que focar é abandonar.

Por exemplo, você tem várias coisas legais que você gosta de fazer, mas essas mesmas coisas podem impedir que você mantenha o foco e alcance seu objetivo.

É preciso priorizar o que é realmente importante daquilo que pode esperar.

Quem tem foco pensa “isso daqui é o que vai fazer com que eu consiga aquilo que eu quero daqui há cinco anos”, por exemplo.

Quando você faz isso você abandona coisas e quando você abandona coisas pode ser frustrante por um tempo.

Abandonar algo é uma coisa muito difícil ninguém quer abandonar coisas que acredita fazer bem. Mas para ter foco é preciso abandonar o que te tira dele.

Então pessoas de 40 50 60 que queiram promover uma mudança ou que queiram projetar um futuro é hora de fazê -lo.

Porque a gente nessa idade tem muito mais força e maturidade para fazer tudo aquilo que quer. Eu me sinto muito mais forte, completa e bela aos 51.

Mas eu acho que tem uma coisa que é muito louca que as pessoas falam que não tem nada a ver e ainda as tira do foco e da realização pessoal, quiçá da vida.

“Mudar agora? Pra quê? É muito difícil! “

E as desculpas jorram: eu fui dona de casa, ou eu fui professora, ou já estou aposentada, não tenho mais paciência a minha vida inteira trabalhei, eu já tô velha.

O Brasil possui 50 mil pessoas com 100 anos de idade. E muita gente chegando aos 98 e 99 com saúde .

Eu conheço duas senhoras que estão bem aos 99 e 100 anos que inclusive fazem faculdade da terceira idade. A pessoa mais velha do mundo tem hoje 117 anos.

Você tem 90% de chance de viver até 100 anos então porque que você aos 40 50 60 anos não pode ter uma outra profissão?

É peremptório que você se reinvente até porque haverá
outros tipos de trabalho e provavelmente a sua profissão não existirá mais. O mundo mudou e as profissões free lances são as que sobreviverão. Prepare-se.

Onde você estará daqui a cinco anos ?

Só de você pensar isso o seu cérebro já começa a fazer planos.

Ah,eu serei uma autora super renomada e estarei morando fora do Brasil, mas você pode de repente pensar, nossa eu não aguento mais ficar neste emprego eu não aguento mais esse marido. Daqui a 5 anos estarei vivendo super bem e realizada.

Essas mudanças mesmo que para 5 anos não são imediatas.

As pessoas estão interessadas em mudar o hoje, mas estão inertes, talvez estejam interessadas mas não sabem como fazer.

Se você quer perder 10 quilos começe a fazer uma coisa hoje para chegar lá.

Se seu foco é a coisa mais importante da sua vida então levante esse bumbum, tire a poeira e começe a trabalhar nisso.

Mude hoje para que se concretize a sua perspectiva de futuro. Se você não tem essa perspectiva, você já faltou à aula e está próxima da sua reprovação . Se você não fizer, ninguém fará por você. Permita-se viver!

Super Feliz com meu E-book
lançado na Amazon com dicas infalíveis para fazer seu perfil
ser o mais desejado da Rede Social por apenas R$ 3,99 😲

A grande vantagem dos aplicativos e sites de namoro é o acesso a uma escala imensa de pretendentes.

Liliane Ribeiro escritora e blogueira da Página “Papo Reto” com mais de 320 mil seguidores dá dicas infalíveis para atrair o homem dos seus sonhos através da Rede Social.

O manual foi feito especificamente para o público feminino que acredita no poder da Rede Social em unir pessoas. E que o seu próximo relacionamenro seja para sempre.
Adquira já o seu !👇
https://www.amazon.com.br/…/ref=cm_sw_r_cp_awdb_t1_nKyMAb5X…

Não esqueça de deixar seu comentário lá na Amazon. A sua opinião é muito importante !
Obs: Aceito convite para madrinha.

#euamoler #bienalrio #Livros #instalivros #Amazon #autoconhecimento#Amor

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas