QUANDO SENTIR SAUDADES NÃO SIGNIFICA QUERER VOCÊ DE VOLTA.

QUANDO SENTIR SAUDADES NÃO SIGNIFICA QUERER VOCÊ DE VOLTA.

Tudo acabado e ele ou ela continua te procurando, marcando território e ainda diz: “Eu sinto sua falta!”, “Eu odeio ficar sem você!”, “Eu não posso acreditar que deixei você escapar!”, “Nós estaremos juntos um dia …”. Isso depois de ter ido e vindo várias vezes e ter tido chances sequenciais para ficar. No entanto, embora magoada, quebrada, desgastada você diz que ‘não pode’ deixa-lo ir porque é quase impossível seguir em frente sem sua presença, até porque cada vez que você tenta, ele está de volta chorando seus sentimentos e fazendo reivindicações e declarações as quais ele não pode cumprir, incluindo o indispensável comprometimento aliado à cumplicidade.

A revelação: Como pode alguém realmente sentir a sua falta se quando esteve com você não se preocupou com seus sentimentos?

Que tipo de situação poderia alguém estar passando, para que a partir do momento em que escuta um “Sinto sua falta”, “Eu te amo” e “Ninguém nunca vai ser capaz de fazer você feliz como eu fiz” acreditar em sentimentos, que não foram capazes de fechar a lacuna entre vocês antes?

É importante entender o que realmente significa essa saudade: Ela é o reconhecimento de sua ausência, seja como resultado de algo positivo, como estar longe em uma viagem, da incapacidade de passar tempo juntos, do resultado da perda, do que poderia ter ocorrido ou da própria separação, que aliás, ele foi o condutor.

Quando alguém sente a sua falta também pode ser uma expressão de tristeza e pesar, porque já não a terá em sua vida por escolha própria. Ele pode pensar em você com carinho e desejar que fosse possível outra chance de ter você por perto novamente,mas se isso não se refere ao hoje, ao agora, não nesse momento, sejamos ser realistas- É culpa. Quem sente falta e quer voltar, volta. Simples assim.

Gostaria também de salientar que, na verdade, mesmo na situação em que você sabe que é certo separar-se, já deu, dizer um ao outro que você sente saudades, é uma jogada trapaceira, uma tremenda sacanagem, que impede o outro de seguir em frente e ser capaz de dar a volta por cima. É como se ele dissesse: _ Fico com você na manga, se não der certo com a (o) outra (o) eu volto.

E por aí vai como aquele “Vamos ficar amigos” depois de tê-la colocado para escanteio. “Eu sinto falta de você” tornou-se a pérola dos jogadores.

Dizer isso ou algo semelhante é uma das maneiras mais fáceis de mexer com a cabeça de alguém e mantê-la presa, amordaçada em uma esperança de que algo pode acontecer futuramente. É vago e definitivamente não é um compromisso, é “desculpa”, não é arrependimento.

E você acredita, espera, conta, crê, confia. Começa então a trocar ideia pelo WhatsApp, Facebook até ligar marcando o próximo encontro. Até que escuta do outro lado a fatídica resposta: “Eu disse que sinto sua falta, mas minha situação não mudou. Eu pensei que você tivesse entendido que … “. Não se permita passar por isso.

Dizer que sente sua falta não é equivalente a querer estar com você ou voltar com você. Se ele realmente quisesse estar com você, você saberia sem a necessidade de ele vender sonhos impossíveis ou usá-la como massa corrida, apenas para tapar buraco.

Não deixe seu nome na “lista amiga” do outro como uma confirmação de que você ainda é uma opção.

Você pode ter se convencido de que é apenas uma questão de tempo, ou um obstáculo na forma de outra pessoa ou ‘situação’, ou mesmo culpar a si mesmo por não ser “suficiente”, mas a verdade é que ele pode até sentir sua falta, mas ele não sente tanto assim para ficar nesse exato momento ao seu lado.

“Eu sinto falta de você” é apenas algo que eles dizem para que você sofra menos é uma declaração pacificadora em uma situação em que a paz não significa nada se não tiver a presença do outro.

Se alguém sente sua falta, mas não atua em uma ação sólida, consistente e duradoura é hora de valorizar-se. Que sinta sua falta bem longe. Compre uma caixa de lenço de papel na farmácia mais próxima e mande entregar na casa dele ou dela em consideração. Você não se doou para receber palavras de apoio como prêmio de consolação. Página virada.

OBS: Não esqueça de curtir a página . Assim você tem acesso a todos os textos que já foram publicados e é avisado a cada nova publicação. Comente, curta e compartilhe. Aqui ninguém fica sem resposta Emoticon heart

Publicado por Papo Reto com Liliane Ribeiro

Liliane Ribeiro, autora incrível, com uma abordagem inspiradora e engraçada do universo feminino. Com 3 livros publicados no Brasil e Portugal. Seu primeiro livro faz parte do acervo da Biblioteca Nacional de Portugal.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: