NÃO SE DEIXE SER USADA EM NOME DO ” AMOR”.

Minha história não deve ser muito diferente das quais você já passou. Passei quase três anos da minha vida em um relacionamento com um homem que me usou e desperdiçou meu tempo. 
É claro que como todo ursurpador de sonhos ele roubou meu coração facilmente no início. Em menos de um mês juntos, ele fez-se em casa na minha casa, no convívio com meus amigos, ganhou likes na Rede Social, ganhou uma família… foi então, que o engano se infiltrou.
Em face de seus contos de bom moço, política mente,  socialmente e “emocionalmente” correto, aos poucos fui deixando que uma parte de mim fosse entrega, embora sem desistir da razão. E graças a ela, que nunca me abandona, ao desejo que subtamente desaparece, indicação de perigo e às  experiências do passado que refletem no presente como os faróis que iluminam a trajetória dos navios, hoje estou de pé. 
Minha mente necessita de provas circunstanciais de amor,  de compromisso e cumplicidade para entregar-se sem reservas.
As circunstâncias em torno desse relacionamento foram se tornando confortáveis com o tempo e aos poucos,  fui abandonando algumas necessidades e desejos, todavia latentes de amor selvagem sem coerência, de beijos ardentes de sentir o outro presente quando ele está ausente, da mensagem diária, do ” eu te amo” que sai da alma sem reticências e cheio de esclamaçôes dado em resposta de nada, sem ter sido pedido e sem pedir licença.
Com o dia -a-dia fui deixando-me conscientemente levar por uma forma de amor medíocre e cheia de ego onde o dano havia sido feito.
O engraçado é que eu não podia acreditar que em face de tantas evidências de peças sem encaixe e de um futuro problemático, eu ainda estivesse ali, como se eu quisesse errar.
Eu já havia dado tantas oportunidades para  pessoas erradas, que literalmente adormeceram meus sentimentos e novamente depois da minha mente ter sido desligada, estava ela li fazendo download e reiniciando para certificar-se de que eu estava prestando atenção para mais uma lição, que com esta relação, ela estava tentando me ensinar. 
E, embora doa ter feito essa escolha, mesmo consciente, pelo menos eu sei agora como não cometer o mesmo erro. 
Ao primeiro sinal de algo errado no ar.  

Ao primeiro sinal de estar deixando de lado valores, vontades e desejos prioritários na sua vida. 

Ao primeiro sinal de estar abandonando seus sonhos por quem não abandona seus desejos por você, desista da caminhada a dois, porque você já está caminhando sozinha há muito tempo. 
Nosso tempo é a única coisa que não é reembolsável e não pode ser substituída uma vez que se foi. 
Como Maya Angelou sabiamente diz: “quando alguém mostra o que realmente é, acredite logo da primeira”. Não perca um momento de sua vida com quem oferece os momentos que tem para ficar com você, para outra pessoa – Liliane Ribeiro 
 #LilianeRibeiro 
#LançamentosNS #Livros #crônicas #PauloCoelho

Publicado por Papo Reto com Liliane Ribeiro

Liliane Ribeiro, autora incrível, com uma abordagem inspiradora e engraçada do universo feminino. Com 3 livros publicados no Brasil e Portugal. Seu primeiro livro faz parte do acervo da Biblioteca Nacional de Portugal.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: