AS PESSOAS SERIAM MAIS FELIZES SE CUIDASSEM DA SUA PRÓPRIA VIDA

 
Com a idade vem a sabedoria, pelo menos é o que minha mãe sempre dizia.
Há uma noção básica de que, à medida que amadurecemos, aprendemos mais sobre a vida. À medida que fico mais velha, aprendo que há certas maneiras de viver a minha vida que trazem felicidade e outras formas que apenas trazem estresse. A vida resume-se em encontrar o que o  te faz feliz, e remover aquelas coisas que te fazem mal.
Alguém  certa vez me disse: “a vida é boa se você souber  vivê-la”.
 Foi essa simples declaração, essa verdade óbvia, que mudou a maneira como eu enxergo tudo na minha vida. De repente eu percebi que eu não tenho que me enquadrar em um certo padrão do que as pessoas consideram “a norma.”
Eu não preciso viver minha vida seguindo o que as pessoas querem ver. Eu posso fugir disso e ser apenas eu mesma. Demorou muito tempo para  que a minha ficha caísse, mas o segredo da vida realmente é  não dar a mínima para o que as outras pessoas pensam, porque elas nunca contribuirão para a sua felicidade.
Quantos de seus pensamentos são dedicados à opinião dos outros?
Esse peso pesado sobre você dia após dia, deriva das opiniões de outras pessoas. Por que é que muita da nossa felicidade está envolvida nas opiniões dos outros?
 Um insulto não pode  ter a capacidade de enviá-la para as profundezas mais profundas da miséria e auto aversão.

O peso dos outros, porque quem cuida da vida dos demais carrega seu próprio peso, não pode tornar-se um fardo na sua vida. Não pode Inibi-la de viver a sua própria vida. Porque todo o seu ser, toda a sua personalidade, todos os seus pensamentos, todas as suas ações não podem ser controladas por um padrão idealizado do que as pessoas querem ver.
Quando você se torna obcecada com a opinião das outras pessoas sobre  você, você esquece a sua. Nós nos perguntamos sobre um milhão de coisas todos os dias que não deveríamos ter que pensar. Como eu sou percebido? O que estão pensando sobre mim? É uma série constante de preocupações e autodúvida que te atormentam dia após dia.
Agora, imagine como você seria livre se você deixasse que todos esses pensamentos fossem embora. Imagine se você simplesmente parasse de tentar  se enquadrar nos desejos dos outros. Liberte-se viva segundo os seus preceitos, as suas verdades desde que essa não venha feri-la e nem tão pouco causar danos aos demais. Essa é uma habilidade que precisa ser praticada. 
Quando aprendi a não me importar com o que os outros pensam  ou gostariam que eu fosse, comecei a ver o mundo totalmente diferente. Descobri que sou muito melhor do que se seguisse os enquadramentos que me eram impostos  por pessoas  que por detrás da imagem de perfeição eram totalmente imperfeitas.  
A opinião de ninguém importa, a não ser a sua. Porque você é a heroína da sua própria vida, só você importa á medida que não causa danos à vida de terceiros . Todos os outros não vivem as suas lutas,  todos os outros são apenas mero observadores e enxergam a verdade que querem enxergar.
As pessoas não se importam com você, apenas fazem julgamentos, e esses julgamentos não significam NADA. 
Então pare de se preocupar. Pare de desistir. Seja você mesma e deixe todo mundo se preocupar com o que é desnecessário.
 Algumas pessoas se alimentam dos comentários maldosos sobre os demais. Precisam de reafirmação e para essas pessoas a reafirmação vem quando julgam alguém.
 Na medida em que você se liberta das correntes da imposição alheia, você vê nitidamente o erro desses falsos  juízes.    Você aprende isso enquanto passa pela vida. Há um monte de gente estúpida lá fora, e um monte de pessoas que vão querer vê-la falhar.
É a natureza humana, e algumas pessoas conseguem ser mais medíocres do que outras. Opiniões de pessoas medíocres não valem nada neste mundo e se você se  importar com o que essas pessoas  pensam, você viverá uma vida de miséria. 
A sua felicidade  não está envolvida na opinião dos outros, você nunca será feliz balizada na opinião de quem não vive a sua vida ; é simples assim. Seja autêntica. Cuide de você, considere as opiniões de quem realmente importa na sua vida, apenas aquelas pessoas cujas opiniões você valoriza.
É preciso coragem e vontade para parar de se importar com o que as pessoas pensam, mas uma vez que você consegue você se transforma em uma pessoa mais forte. 
 “Um mar inteiro de água não pode afundar um navio a menos que fique dentro do navio. Da mesma forma, a negatividade do mundo não pode colocá-la para baixo a menos que você permita que ele entre em você. “-Goi Nasu 
#LilianeRibeiro

Publicado por

Papo Reto com Liliane Ribeiro

Conselheira, espírito nômade, mediadora, inovadora, despudorada e bem-humorada é assim que me auto-defino. Escrevo o que sinto e o que penso sem a preocupação de agradar ao leitor. Escrevo para seres humanos que amam e querem ser amados sejam eles homens , mulheres, heterossexuais, homossexuais, trans, ricos ou pobres. A linguagem do amor é universal ela não faz distinção de pessoas, basta estar vivo para morrer de amor. Talvez seja exatamente por isto que as pessoas se identificam com a minha linguagem. O meu objetivo é empoderar pessoas para que elas não caiam nas ciladas que a paixão nos prepara e se caírem, que se levantem o mais rápido possível para seguirem a viagem insólita que é a busca do par perfeito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s