DE QUEM É A VIDA QUE VOCÊ ESTÁ VIVENDO?

 

Se você nunca se sente boa o suficiente em alguma área da sua vida esse texto é para você! Eu quero te dizer que eu entendo esse sentimento de vazio. E por mais que eu faça mil livros e converse com você nos nossos grupo s de Whatsapp e você ache que eu não posso tirar isso de você. Eu quero te dizer que eu entendo. Todavia eu gostaria apenas que você considerasse algumas coisas.
Ninguém quer se sentir assim. Você quer ser amada e aceita do jeito que você é. Você quer que as pessoas apreciem você e te respeitem exatamente da forma que você é.

Você nunca se sente bem o suficiente porque você não cabe na caixinha que prepararam para você. Elas querem que você seja da maneira que elas acham que é melhor para você. Elas querem que você se comporte se vista, se relacione, ame, viva da maneira que elas convencionaram ser a melhor, porque senão elas mesmas se encarregarão de acabar com a sua reputação. Elas querem que você seja o que não deu certo para elas, infeliz como elas e não da maneira que você realmente é.

Como você não se encaixa nos “padrões de beleza” exterior, você acha que nasceu para sofrer. Porque a beleza interior não é algo que as pessoas possam enxergar dentro de você. Quando as pessoas decidem que você não representa seu conceito de beleza ou o que elas denominam de “postura correta”, de “caráter”, eles a jogam fora, você nada mais é do que uma pessoa descartável não é mesmo? E, para a autoestima feminina essa é a parte mais cruel. Sabe o que é mais cruel ainda? Quando o homem que você ama, do nada age como se você não devesse existir, principalmente na vida dele. O mundo poderia ser um lugar melhor se você simplesmente desaparecesse.

Por quê? Tudo porque você não representa esse conceito de beleza que eles inventaram. Você não torce pelo o mesmo time, não é da mesma religião, não age como uma pessoa da sua idade, não é heterossexual, você não colocou silicone, você não tem o corpo desejado no mercado de varejo, você não se enquadra em nada! E você… Bem, você acredita nelas. Você as leva para a sua casa, oferece amizade eterna, amor eterno, e reconhece tudo isso como verdade. Mas querida, isso não é a verdade! Não existe verdade além da sua!

A verdade é que você é imensamente linda, preta, branca, mulata, maquiada, cabelo afro ou escovado, baixa, alta, gorda, magra, rica ou pobre, sorrindo ou chorando, de todas as maneiras. E a verdade é que, algumas pessoas costumam dizer coisas sobre as quais elas não têm ideia. É difícil para algumas pessoas respeitarem algo que está além do que elas conhecem.

A ideia de individualidade de algumas pessoas é tão estreita que o pensamento sobre tudo e todos é muito preconceituoso. E você, no meio disso tudo não consegue desfrutar de muitas coisas que a vida lhe oferece porque continua a aceitar esse péssimo jogo midiático e puramente mercadológico sobre ” beleza” que não se correlaciona com o seu mundo real. E em vez de mergulhar na sua essência você aceita embora assustada. Essa cobrança toda, nada mais é do que o medo das pessoas de serem derrotadas por você.

Amiga, elas têm medo de admitir que estão erradas e você certa nas suas convicções e maneira de ser. A sua beleza não pode ser julgada por ninguém, não pode ser definida por ninguém, QUE NÃO PAGUE AS SUAS CONTAS, QUE NÃO SINTA AS SUAS DORES E QUE NÃO PRESTIGIE AS SUAS VITÓRIAS E CHORE COM VOCÊ. Essas pessoas que “dão pitaco” (opinião) em tudo, que se acham donas da verdade não têm o direito de descartar a sua dignidade, o seu orgulho e o seu respeito. Seus valores ninguém pode roubá-los!

Você está longe de ser superficial. Você é a definição épica e maravilhosa do viver intenso. Você ascende- o mundo. Seja você e se destaque de outras pessoas pela sua própria existência e beleza natural. A sua beleza faz parte de um conjunto que o mundo nunca viu antes. E nós, que acreditamos no ser humano, que acreditamos na verdade absoluta de cada um, que abnegamos o preconceito seja ele qual for, agradecemos por isso.

Agradecemos que neste mundo cheio de conformistas, você é uma rebelde. Você se rebela contra a injustiça, a mediocridade, o “modo de vida normal”. À sua maneira, você se levanta contra tudo que não vem para somar, uma ilusão disfarçada de amor e mostra o que significa viver uma vida de acordo com as suas próprias regras, de acordo com seu próprio senso de si mesmo.

Eu quero despertar em você o verdadeiro sentido da coragem de acreditar em nós mesmos. Acreditar que valhamos a pena e que somos belas em nossos próprios caminhos. Acreditar no significado de ser humano sem rótulos. Ame ferozmente e sem vergonha. Ame um garoto, um velho, uma mulher, um homem, ame quem te faça bem! Ame quem vem para somar! Não deixe o seu coração na manga. Preocupe-se profundamente com o mundo e as pessoas ao seu redor. Torne o mundo um lugar melhor.

Aquelas pessoas que rejeitam você, que menosprezam você, morrem de ciúmes de você. Ciúmes da sua compreensão tão profunda sobre o seu mundo. Ciúmes por você viver uma vida cheia de liberdade, sem ser limitada pelo padrão do mercado social. Quem define as regras da sua vida é você e, porque ninguém vive a consequência dos seus “erros” e acertos. Você define o que você quer ser na vida. Você define seus próprios padrões de felicidade, você faz o seu sucesso e constrói os seus relacionamentos.

Mas todas essas coisas podem ser impossíveis de reconhecer se você não perceber que dar ouvido a quem diz que faz isso por amor, mas enterra os seus ideais, a fofocas infundadas da Rede Social, ás conversas de família que parecem mais uma disputa de egos, a pessoas que o que falam não condiz com as atitudes, que se acham as donas da verdade mas que nelas a verdade se distancia cada vez mais, essas pessoas impedem você de ser quem você realmente é.

Você pode estar se queixando nesse momento: “Você não entende, Liliane, o quanto é difícil deixar as pessoas que me machucam. Você não sabe o quão difícil é deixar de ser o que todos esperam que eu seja. Minha família, meus amigos e a pessoa que amo. Cresci ouvindo que eu não tenho valor, casei com uma pessoa que eu pensei que me valorizasse, mas hoje essa mesma pessoa diz que eu não deveria existir. “

Compreendo completamente o que você sente e o quanto é difícil dar a volta por cima. “Por quê? Porque, um dia eu fui você. Demorou bastante tempo para eu deixar de ser insegura. Mas em um determinado dia eu consegui dizer:

“É o suficiente”! Basta!”.

Chega de ouvir aqueles que me dizem coisas sem me conhecer.

Chega de deixá-los assumir o controle da minha vida.

Chega de deixá-los preencher um espaço na minha cabeça e no meu coração com negatividade.

Esta é a minha vida!

Nós só temos uma chance de viver. Nós só temos uma vida. Como você quer viver a sua?

Gaste sua vida preenchendo- a com felicidade, alegria e paz. Viva fazendo todas as coisas que você quer fazer, retome aquilo com que você sonhou e abdicou por alguém que não mereceu estar ao seu lado.

Abra seus olhos, mente e coração para a sua beleza. Quando você pensar ter visto ou sabido sobre tudo, questione-se. Não se conforme sempre com o que o mundo lhe disser. Tenha seu próprio conceito de beleza e, ainda melhor, seja seu próprio conceito de beleza. Aceite e ame-se por quem você é.

Não se importe com aqueles que dizem que você não é linda. Suas palavras não são você e você não é obrigada a ser quem eles querem que você seja. Seja você. Apenas seja você.

Porque as melhores pessoas na vida não são perfeitas, nenhuma de nós é perfeita, apenas aquelas pessoas que sabem que são imperfeitamente perfeitas é que se amam. E os outros? Ah, os outros que sejam felizes da maneira deles. Eu sou da minha!- Liliane Ribeiro

Liliane Ribeiro é autora do Livro “Papo Reto com Liliane Ribeiro” da Editora Novo Século, á venda em todas as livrarias e do manual “Mulher Desejada” – Ebook pela Amazon.
#photo #art #rio #toplessinrio #canalbrasil #autumnsonnichsen#meucorpominhasregras #errejota #brasil

#livros #leitura #instabook #ler #amoler #libro #frases #read #escritor#poesia #leitores #bookstagram #leeressexy #amor #frase #amolivros#livroseleitura #Cascail #Algarve #travel #Porto

 

Publicado por

Papo Reto com Liliane Ribeiro

Conselheira, espírito nômade, mediadora, inovadora, despudorada e bem-humorada é assim que me auto-defino. Escrevo o que sinto e o que penso sem a preocupação de agradar ao leitor. Escrevo para seres humanos que amam e querem ser amados sejam eles homens , mulheres, heterossexuais, homossexuais, trans, ricos ou pobres. A linguagem do amor é universal ela não faz distinção de pessoas, basta estar vivo para morrer de amor. Talvez seja exatamente por isto que as pessoas se identificam com a minha linguagem. O meu objetivo é empoderar pessoas para que elas não caiam nas ciladas que a paixão nos prepara e se caírem, que se levantem o mais rápido possível para seguirem a viagem insólita que é a busca do par perfeito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s