A MENINA QUE VIROU MULHER 

A menina cresceu e virou mulher empoderada. A MULHER  que segue em frente é resiliente. Ela passou meses, se não anos, tentando esquecer você, tentando não querer você novamente, tentando aceitar que as coisas nunca mais seriam as mesmas e demorou muito tempo para finalmente perceber que você não é o homem da vida dela. Que ela estava errada sobre você. Que ela o amava, mas você não deveria ser dela para sempre.
A MENINA que virou MULHER não volta. Ela teve que aprender a curar seu próprio coração. Ela teve que aprender a perder uma pessoa que não sente falta dela. Ela tinha que ir sozinha a tudo sozinha, porque ele nunca aparecia. Ela teve que aprender a viver sem você e ela não vai se jogar de volta na fogueira. Ela nunca mais vai se queimar por ninguém.
A MENINA que virou MULHER não necessariamente precisa encontrar outra pessoa, ela segue em frente com a vida dela. Ela começa a prestar mais atenção ao que ela gosta ao que ela está apaixonada, ao que faz seu coração bater mais forte. Ela começa a trabalhar mais, viajar, se apaixonar por todas as coisas que você odiava e reconstruir tudo o que você destruiu.
A MENINA que virou MULHER aprendeu a jogar seu jogo. Ela aprendeu a se colocar em primeiro lugar, como ser egoísta com seus sentimentos e proteger seu coração. Ela aprendeu a não precisar de ninguém, ela aprendeu a ser para si mesma tudo o que não podia ser. Ela aprendeu a sobreviver sem o seu amor.

A MENINA que virou MULHER finalmente se encontrou. Essa nova MULHER não vai se perder por amor ou tomar a sua rejeição como um desafio. Ela não vai sentar-se e esperar por você. Ela não vai lutar para você ficar.
A MENINA que virou MULHER não tem medo de amar de novo. Ela é mais segura. Ela é mais cautelosa. Ela procura mais do que palavras. Ela não ignora as bandeiras vermelhas. Ela quer encontrar um amor verdadeiro e ela está disposta a esperá-lo. Ela escolhe ser solteira em vez de estar no relacionamento errado. Ela escolhe estar sozinha em vez de viver um platônico  quase relacionamento.

 
A MENINA que virou MULHER aprendeu a “sair fora” no momento certo. Ela aprendeu que quebrar seu próprio coração é melhor do que entregá-lo a alguém que continuará o trabalho de quebra-lo. Essa garota agora sabe que há muito mais vida do que amar você. A  vida da MENINA que virou MULHER não termina com um adeus, quando isso acontece é renovação é sinal de que ela apenas está começando. -LilianeRibeiro 
Liliane Ribeiro é autora do Livro Papo Reto com Liliane Ribeiro à venda nas melhores livrarias em todo Brasil.

Publicado por

Papo Reto com Liliane Ribeiro

Conselheira, espírito nômade, mediadora, inovadora, despudorada e bem-humorada é assim que me auto-defino. Escrevo o que sinto e o que penso sem a preocupação de agradar ao leitor. Escrevo para seres humanos que amam e querem ser amados sejam eles homens , mulheres, heterossexuais, homossexuais, trans, ricos ou pobres. A linguagem do amor é universal ela não faz distinção de pessoas, basta estar vivo para morrer de amor. Talvez seja exatamente por isto que as pessoas se identificam com a minha linguagem. O meu objetivo é empoderar pessoas para que elas não caiam nas ciladas que a paixão nos prepara e se caírem, que se levantem o mais rápido possível para seguirem a viagem insólita que é a busca do par perfeito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s