ATÉ QUANDO CONTINUAREMOS MORRENDO ?

“Meu namorado é bastante ciumento.”

“Ele me bateu mas ele me ama.”

“Ele sempre briga com ela. É normal.

“Ela fica come ele porque gosta de apanhar .”

” Em briga de marido e mulher, não se meter colher. ”

” Foi só essa vez…”

“Ele pediu desculpas…”

ATÉ QUANDO CONTINUAREMOS MORRENDO ?

ATÉ QUANDO CONTINUAREMOS ACHANDO NORMAL ?

ATÉ QUANDO CONTINUAREMOS CALADOS PORQUE O PROBLEMA NÃO É NOSSO?

FEMINICÍDIO NÃO É AMOR !

Justificar o assassinato de uma mulher com base na “paixão” que o homem sentia por ela, não é normal, afinal, quem ama não mata. E quem odeia que se mate.

Uma mulher ter sua vida ceifada por um verme “ciumento” que a considerava sua propriedade, não é normal.

NÃO SE CALE, DENUNCIE!
#SomostodosJoana

Publicado por

Papo Reto com Liliane Ribeiro

Conselheira, espírito nômade, mediadora, inovadora, despudorada e bem-humorada é assim que me auto-defino. Escrevo o que sinto e o que penso sem a preocupação de agradar ao leitor. Escrevo para seres humanos que amam e querem ser amados sejam eles homens , mulheres, heterossexuais, homossexuais, trans, ricos ou pobres. A linguagem do amor é universal ela não faz distinção de pessoas, basta estar vivo para morrer de amor. Talvez seja exatamente por isto que as pessoas se identificam com a minha linguagem. O meu objetivo é empoderar pessoas para que elas não caiam nas ciladas que a paixão nos prepara e se caírem, que se levantem o mais rápido possível para seguirem a viagem insólita que é a busca do par perfeito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s