Qual a diferença?

A diferença entre buscar uma vida que pareça boa e uma em que realmente você se sinta bem.

Talvez você esteja exausta, não porque você seja imperfeita e incapaz de consertar sua vida, mas porque você não está buscando o que realmente é melhor para você.

Experimente: feche os olhos e imagine como sua vida seria se você não soubesse como ela é.

O que realmente faz você se sentir bem?

Com quem você realmente quer passar o tempo?

O que você realmente ama fazer?

Se você quiser ter uma chance de ser feliz precisa parar de buscar o que acha que fará você se sentir bem e se inclinar para a experiência emocional real de sua vida diária e permitir que esse sentimento sutil de paz te guie até o seu destino.

Seu “melhor eu” não é a versão mais magra, rica e bem-sucedida de si mesmo que você tanto imagina.

Seu “melhor eu” é a versão natural, inteira e atual de você.

Você (provavelmente) não é uma celebridade. Ninguém tira fotos de você toda vez que você sai de casa. Você não precisa se vestir como uma magnata da moda. Você não precisa se manter na forma de uma supermodelo. Você pode usar seu jeans surrado favorito muitas vezes na mesma semana. Você pode deixar seu cabelo secar sem gastar uma hora de energia tentando fazer a melhor escova. Você está autorizada a comer quando estiver com fome. Você pode dormir quando estiver cansada.

Você tem permissão para ser um ser humano normal.

Tentar convencê-la de sua grandeza pode inspirá-la de algumas maneiras, mas isso não vai deixar você realmente feliz. Grandes pessoas ainda têm que lavar a louça, lavar a roupa e lidar com a criança chorando.

Construir uma vida que seja boa é ter a coragem de se aceitar como você é e, saber as coisas que você tem medo e tentar vencê-las.

Construir uma vida na qual você se sinta bem é ficar de boa com seu orçamento, porque você está cansada de ficar sem dinheiro. É preciso trabalhar extra para economizar para não ficar à beira do pânico. Não tenha medo de ficar sozinha se as pessoas com quem você passa o tempo não satisfazem as suas necessidades.

Construir uma vida que se sente bem é não está mais em guerra consigo mesmo. É ouvir os pensamentos que fazem você querer se odiar e não se sucumbir a eles. É não sentir inveja de alguém e correr, é tornar-se feliz por eles em vez disso. É NÃO ouvir as vozes que querem prendê-la mantendo-a pequena.

Ser bem sucedida não é um traço de personalidade.

O tamanho da sua calça, seu gênero e a sua religião ou partido não é algo que seus AMIGOS levam em consideração quando decidem se vão ou não aparecer quando você mais precisar.

Tudo o que você vai deixar no mundo é como você fez as outras pessoas se sentirem.

Então, em vez de continuar sofrendo com as suas imperfeições por que você não experimenta a coisa mais fácil de trabalhar que é ser você?

Não só para que você possa deixar um legado valioso.
Mas também para que você possa encontrar um pouco de alegria enquanto estiver aqui.

#LilianeRibeiro #Paporetoliliane #mulher #empoderamento #sororidade

Publicado por

Papo Reto com Liliane Ribeiro

Conselheira, espírito nômade, mediadora, inovadora, despudorada e bem-humorada é assim que me auto-defino. Escrevo o que sinto e o que penso sem a preocupação de agradar ao leitor. Escrevo para seres humanos que amam e querem ser amados sejam eles homens , mulheres, heterossexuais, homossexuais, trans, ricos ou pobres. A linguagem do amor é universal ela não faz distinção de pessoas, basta estar vivo para morrer de amor. Talvez seja exatamente por isto que as pessoas se identificam com a minha linguagem. O meu objetivo é empoderar pessoas para que elas não caiam nas ciladas que a paixão nos prepara e se caírem, que se levantem o mais rápido possível para seguirem a viagem insólita que é a busca do par perfeito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s